Sábado, 01 de Novembro de 2014
  • Tempo agora em São Leopoldo: 22°C
  • Os Simpsons avança 30 anos em episódio especial

    Ana Paula Figueiredo e Marina Cardozo 
    Estagiárias de Jornalismo

    Os Simpsons 30 anos depois.

    Já imaginou como seria a vida de Homer Simpson e sua família no futuro? O desenho animado, que está em sua 23ª temporada, apresentou no domingo, 11, nos Estados Unidos, o episódio especial de Natal, que mostra o que ocorreu com os personagens 30 anos depois.

    Com o título Holidays of future passed, a história apresenta Bart como um homem divorciado, com três filhos e que vive dentro da escola. Lisa teve um relacionamento homossexual na época da faculdade, mas acabou casando com Milhouse e tem uma filha rebelde. A mais jovem da família, Maggie, tornou-se uma roqueira.

    Para a professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Unisinos Adriana Amaral, uma das participantes do Núcleo de Pesquisa na Cultura do Entretenimento, o episódio não pode ser considerado como uma tentativa de renovação perante outras séries de humor igualmente ácidas, como Family Guy, South Park e Futurama. “Acredito que a história é consequência do desenvolvimento do que o seriado já apresenta. Os Simpsons é cheio de clichês, extrapolações e determinados estereótipos, como o caso da Lisa namorar uma menina no período da faculdade.”

    Comédia animada

    No ar desde 1989, Os Simpsons já passou por altos e baixos. Ainda neste ano, a série enfrentou a possibilidade de ser cancelada, mas, após cortes nos salários dos dubladores, a Fox confirmou mais duas temporadas. O anúncio da emissora produtora levará o desenho animado a completar 25 anos de vida em 2013, totalizando 559 episódios.

    Ao longo de 22 anos no ar, no embalo do humor ácido e crítico de Os Simpsons, surgiram outras séries que seguem uma fórmula bastante parecida – humorística ou estrutural. Futurama, South Park e Family Guy são apenas alguns exemplos no universo que engloba os desenhos animados voltados para o público adulto.

    Adriana Amaral faz um comparativo: “Futurama é mais trash, para um público mais adulto. Os Simpsons é voltado mais para as crianças, South Park já é mais antigo e tradicional também, e Family Guy é sensacional. Gosto mais do que Os Simpsons”.

    Conheça, a seguir, um pouco do enredo das séries mais conhecidas dentro da linha de Os Simpsons:

    Futurama

    Futurama – Trata do jovem novaiorquino Phillip J. Fry, um entregador de pizza no final do século XX que, após ser congelado por mil anos, recomeça sua vida na Nova Iorque do século XXXI. A série foi criada para a Fox por Matt Groenig, um dos idealizadores de Os Simpsons, mas agora é exibida no Comedy Central.

    South Park

    South Park – É uma série marcada fortemente pelo humor negro e satírico. Criada em 1997 por Trey Parker e Matt Stone para o canal Comedy Central, South Park é voltada para o público adulto. A trama gira em torno das crianças Stan Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman e Kenny McCormick e suas aventuras bizarras na cidade que dá nome à série. South Park foi o primeiro programa semanal da TV norte-americana a ser classificado como não recomendado para menores de 17 anos.

    Family Guy

    Family Guy (no Brasil, Uma família da pesada) – É uma sitcom de animação criada por Seth Macfarlane para a Fox, em 1999. A história é focada na família Griffin, que mora na cidade fictícia de Quahog, Rhode Island. Os personagens são compostos por Peter, o pai trapalhão, Lois, a mãe dedicada, Meg, a filha adolescente nada popular, Chris, o filho que é uma versão mais nova do pai, Stewie, o bebê diabólico, e Brian, o cachorro que age como humano. O humor de Family Guy baseia-se em paródias da cultura pop americana e é marcado pelo non sense.

    Audiência

    Em maio desde ano, Family Guy teve, nos Estados Unidos, o maior público telespectador na faixa entre 18 e 34 anos, historicamente liderada por Os Simpsons.

    Para a professora Adriana, isso se deve a alguns fatores: “Acredito que tenha ocorrido pela repetição de formato e humor. Family Guy faz o mesmo que Os Simpsons, com a diferença de que extrapola muito mais. Outro fator que pode ter influenciado positivamente Family Guy é o horário. Mas de qualquer forma, ambos fazem referências muitos próximas”.

    TAGS
    ,

    14 de Dezembro de 2011 às 3:47 pm

    1 Comentário para “Os Simpsons avança 30 anos em episódio especial”

    1. douglas diz:

      eu so maior fam e pareso com o bart sinpsons

    Deixe um Comentário

    © Copyright 2014, Agexcom